180 Partituras de Fados - Um livro de António Parreira

 

António Parreira - (13 de Junho de 1944!)

António Parreira Costa, é natural de Monte das Taipas, freguesia de Santa Margarida da Serra, concelho de Grândola.

Aos 11 anos aprende a tocar o "Fado Corrido" com o seu tio. A sua aprendizagem de músico é tocar nas “tascas” das aldeias vizinhas. Surgem convites e António Parreira começa por tocar em festas de amigos, acompanhado por violistas amigos, dos quais destaca Luís Duarte, Joaquim do Moinho da Cruz e Carlos Carvalho. Quando fala da sua terra natal António Parreira diz que é uma lugar onde existe o  Fado e da Guitarra Portuguesa onde não havia profissionais, mas éramos chamados para animara as festas.

Por volta dos 15 anos, é convidado para tocar na Tasca do Faúlha (do guitarrista Jorge Chaínho, pai de António Chaínho).

Nessa época António Parreira aprende a tocar Viola de Fado para acompanhar o guitarrista António Chaínho durante 3 anos. Diz António Parreira, que esta mudança de instrumento resulta de não haver nesta altura, Violistas  para acompanhar a arte de António Chaínho.

Na década de 70 passa a integrar o elenco do restaurante típico Guitarra de Alfama e muitas outras como a Taverna d´ El Rei, Fragata Real, Abril em Portugal, Parreirinha de Alfama, Luso, Arreda e Forte Dom Rodrigo.

Agora é importantes que os filhos escrevam a história do Mestre para que o Fado fique mais rico.

 

Um livro barato e de grande valor para o Fado. Qualquer Guitarrista deveria ter este livro de António Parreira na estante da sua sala de ensaio. O livro custa 25 € comprado directamente na livraria (por exemplo Casa de Fado em Lisboa), onde pode ser encomendado por correio electrónico (Email) e chega direitinho a sua casa, pagando os portes de envio (cerca de 5 €).